Controle financeiro empresarial: qual a importância e como gerenciar

Controlar as finanças de um negócio pode ser uma tarefa complicada, coisa igual de tempo e dedicação, para além das atividades que envolvem a gestão e as principais atividades econômicas de um negócio. 

 

No entanto, o controle financeiro empresarial de um negócio é um dos fatores mais fundamentais na manutenção do condicionamento financeiro da empresa, garantindo a execução de suas atividades econômicas de forma eficiente. 

 

Qualquer empreendedor que abriu ou pretende abrir sua empresa é acometido por diversas dúvidas a respeito de como manter um controle financeiro ordenado após sua abertura, não é mesmo? Por isso, nos submetemos a lhe ajudar nessa jornada. 

 

Saiba agora os principais segredos para o domínio das finanças de seu negócio de forma simples e estratégica e assuma o controle financeiro empresarial seu negócio!

O que é o controle financeiro empresarial?

O controle financeiro empresarial é definido pelas ciências contábeis como o gerenciamento e controle das atividades operacionais do setor financeiro com o intuito de panoramizar a situação econômica de uma empresa.

 

É de caráter primordial que qualquer empresa tenha traçado um plano financeiro para o condicionamento de seus processos econômicos logo após a sua abertura. 

 

Sabemos que essa ação se faz necessária pois desde o processo de abertura de uma empresa, ela é acometida por custos e gastos operacionais e tributários. 

 

Portanto suas despesas e receitas têm de ser coordenadas de forma ordenada para que a empresa não venha a sofrer rombos financeiros que comprometam o pleno funcionamento de suas atividades.

 

O sucesso e expansão de qualquer empresa também depende diretamente do seu controle financeiro, portanto mantê-lo ordenado e bem gerenciado é essencial para a sua análise e compreensão de forma assertiva possibilitando a geração de insights e criação de estratégias que viabilizem a expansão de seu negócio.

 

Um gerenciamento e condicionamento eficaz da saúde econômica da sua empresa são feitos através de alguns processos contábeis e econômicos que podem envolver certo nível de complexidade além de determinado tempo, esforço e principalmente organização.

 

Além disso, o controle financeiro de uma empresa se relaciona e sofre com interferências diretas sobre diversos fatores econômicos externos que podem influenciar sem desvios no faturamento e na situação financeira da sua empresa.

 

Aprenda mais sobre: Quanto custa abrir uma empresa: tudo que você precisa saber

 

Qual a importância da implementação de um controle financeiro empresarial em seu negócio?

Controle financeiro de um negócio é um elemento primordial para o seu sucesso, sem ela o condicionamento das atividades operacionais da sua empresa pode estar gravemente comprometido e seu crescimento e expansão se tornam inviáveis.

 

Dentre os vários benefícios que uma gestão financeira empresarial bem elaborada e gerenciada pode proporcionar a um empreendimento podemos listar:

 

  • Garantia do condicionamento das atividades econômicas da empresa;
  • Corte de gastos estratégicos e economia e recursos financeiros;
  • Aumento da taxa de lucratividade;
  • Instituição de reservas financeiras de caráter emergencial;
  • Geração de insights com base no panorama financeiro da empresa;
  • Prevenção à falência.

 

A gestão do controle financeiro empresarial será responsável por acompanhar e controlar as operações financeiras da sua empresa, auxiliando no controle das despesas sobre as receitas e equilibrando as finanças empresariais e viabilizando a realização de investimentos, sua consequente expansão e crescimento.

 

O controle financeiro também é capaz de gerar um panorama certeiro para sua empresa, viabilizando a realização de investimentos e constituição de reservas financeiras de caráter emergencial.

 

Leia também: Plano de Negócios para Restaurantes e Bares: entenda como fazer.

 

Como implementar um controle financeiro empresarial em seu negócio?  Conheça o passo a passo

Agora você já tem um panorama mais sólido sobre a importância de se estabelecer um controle financeiro eficiente.

 

A seguir indicaremos os principais passos e dicas para a estruturação de um plano de controle financeiro com excelência para o condicionamento da saúde financeira de sua empresa e o impulsionamento de seu negócio.

 Levante um capital de giro

Um dos principais elementos a ser levado em consideração na estruturação do seu negócio é o capital de giro. O capital de giro é o indicador responsável por definir o montante necessário para que uma empresa movimente seus negócios.

 

O capital de giro em uma empresa é obtido através da análise da situação econômica da empresa levando em consideração suas despesas e suas receitas. 

 

O resultado é referente a todos os custos necessários para o condicionamento das atividades econômicas da empresa como gestão e reposição de estoque, aquisição de matéria prima, pagamento de funcionários, manutenção do maquinário, impostos dentre outros desembolsos. 

 

O cálculo do capital de giro em uma empresa é feito através da diferença do valor da soma das despesas e a soma de seu faturamento, levando em consideração as contas a serem recebidas.

Controle e sistematize o fluxo de caixa de sua empresa

O gerenciamento do fluxo de caixa de uma empresa é o principal fator responsável pela monitoração financeira da sua empresa, pois possibilita um controle efetivo das contas a serem pagas e recebidas pela organização.

 

A gestão do fluxo de caixa de uma empresa é baseada no registro das operações financeiras e monitoramento de seu caixa com base no fluxo de despesas e receitas da empresa, além de permitir o monitoramento e acompanhamento do valor monetário disponível no caixa da empresa em tempo real.

Faça um balanço patrimonial.

O balanço patrimonial é um levantamento bastante importante capaz de explicitar a real situação econômica de uma empresa e que deve ser levado em forte consideração ao se traçar seu panorama econômico.

 

O balanço patrimonial tem como função fazer um levantamento de todos os bens da empresa, incluindo sua sede, equipamentos e maquinário, assim como suas dívidas, incluindo desde o pagamento de seus funcionários e custos necessários para a manutenção da execução de sua atividade-fim até eventuais empréstimos e despesas que a empresa possa acumular em seu CNPJ.

Faça uma reserva emergencial

Uma reserva financeira emergencial como o próprio nome indica se refere a um montante reservado especificamente para a cobertura de eventuais imprevistos e instabilidades que possam acometer o pleno funcionamento da sua empresa.

 

Uma reserva de caráter emergencial tem o poder de proteger e resguardar a saúde financeira da sua empresa assegurando sua proteção em períodos de instabilidade econômica, seja ela provocada por baixa nas vendas e lucratividade ou por outros fatores externos. 

 

Nessas situações o ideal é que se possua um fundo ou reserva financeira emergencial para que o controle e a situação financeira de sua empresa não seja afetado ou comprometido.

 

A Bak Contabilidade tem como principais valores: a obtenção de resultados para seus clientes, valorização e motivação dos colaboradores e busca frequente pelos melhores processos e uso da tecnologia. 

 

Entre em contato conosco e agende uma conversa! Se você deseja ter acesso a mais conteúdos como este, acesse o nosso blog e não deixe de seguir as nossas redes sociais

 

Aproveite e leia também: Como fazer um planejamento estratégico: ferramentas e passo a passo.

 

Compartilhe: