Planejamento Tributário para Bares e Restaurantes: Dicas essenciais para o sucesso

As empresas brasileiras compartilham um desafio em comum: se manter em dia com as suas obrigações fiscais. Nesse momento, os empresários podem contar com o suporte de um planejamento tributário para bares e restaurantes.

 

Isso porque, após abrir um bar ou restaurante, é necessário buscar cumprir com todas as suas obrigações. Caso contrário, será possível sofrer autuações, que podem comprometer o desenvolvimento de um negócio.

 

Contudo, muitos não sabem que manter um restaurante ou bar em dia com as obrigações fiscais pode ser uma tarefa simples.

 

Nesse momento, é de fundamental importância contar com o apoio de um planejamento tributário para bares e restaurantes. Estamos falando de uma ferramenta que traz consigo uma série de vantagens tributárias.

 

O que você acha de compreender melhor como elaborar um planejamento tributário e, assim, garantir a segurança fiscal de um negócio? Acompanhe o nosso artigo e aproveite para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto!

 

Confira também o conteúdo referente ao seguinte tema: Imposto de Renda 2021: O que você precisa saber?

 

O que é o planejamento tributário para bares e restaurantes?

O planejamento tributário é uma ferramenta de gestão que tem como intuito reduzir a carga tributária que incide sobre as operações de uma empresa. O que envolve também a gestão de bares e restaurantes.

 

Também conhecido como elisão fiscal, ele se apresenta como um conjunto de estudos e estratégias aplicadas em uma empresa, permitindo encontrar formas legais para promover uma economia tributária.

 

Agora, os gestores à frente de um bar ou restaurante podem ter à sua disposição uma maior economia, abrindo espaço para novos investimentos.

 

Sendo assim, é imprescindível que o planejamento tributário seja elaborado antes mesmo de abrir um negócio. Afinal de contas, as burocracias tributárias começam a surgir no momento de abertura de um CNPJ.

 

A sua elaboração compreende, por exemplo, a escolha do melhor enquadramento tributário para um bar ou restaurante. Estamos nos referindo a uma definição que determina o recolhimento de impostos de um negócio.

 

Portanto, acompanhe a seguir quais são as principais vantagens que acompanham um planejamento tributário para bares e restaurantes. Vamos lá?

 

Qual a importância por trás de um planejamento tributário para bares e restaurantes?

Após decidir elaborar um planejamento tributário, os gestores à frente de um bar ou restaurante acabam tendo à disposição alguns benefícios. Sendo que o principal deles é a redução do valor pago em impostos.

 

E, diante de um cenário econômico tão instável, quem não gostaria de promover uma maior economia em um negócio?

 

Além disso, o planejamento tributário para bares e restaurantes também é responsável por proporcionar a segurança tributária em uma gestão. Afinal, o seu foco ainda passa por evitar erros fiscais.

 

Uma empresa, ao não recolher os seus impostos corretamente, pode acabar sofrendo autuações e multas pelo Fisco. O que, consequentemente, resulta em um gasto que não estava previsto no seu orçamento.

 

Deste modo, acompanhe a seguir algumas das principais vantagens por trás da elaboração de um planejamento tributário:

 

  • Economia tributária;
  • Aumento da competitividade;
  • Correto enquadramento tributário;
  • Evita a incidência de autuações e multas;
  • Realização de um calendário tributário;
  • Aproveitar possíveis benefícios fiscais.

 

Leia também o nosso artigo: Abertura de empresas, alterações contratuais e encerramento de empresas em São Paulo.

 

Como elaborar um planejamento tributário?

O primeiro passo para elaborar um planejamento tributário para bares e restaurantes é contar com o suporte de um serviço especializado, como um escritório de contabilidade. Afinal de contas, os contadores são profissionais que dominam o assunto!

 

Desse modo, eles serão os responsáveis por avaliar a estrutura tributária de um negócio e, assim, propor os melhores caminhos para que seja possível reduzir o valor pago por meio de impostos de maneira legal.

 

A atuação de uma contabilidade na elaboração de um planejamento tributário passa por uma série de etapas. Conheça a seguir algumas das principais:

 

  • Coletar dados da empresa;
  • Análise da sua natureza jurídica;
  • Estudo do melhor regime tributário;
  • Realização de um plano tributário;
  • Definição de um cronograma;
  • Análise de possíveis cenários;
  • Estabelecer objetivos e metas;
  • Realização de avaliações periódicas.

 

Sendo assim, no momento de contar com o apoio de um serviço especializado, tenha à sua disposição a equipe da Bak Contabilidade. O nosso objetivo é contribuir para que o seu negócio seja rentável e lucrativo!

 

Portanto, entre em contato conosco e descubra como os nossos serviços especializados podem ajudar você e a sua empresa! Estamos ansiosos para propor soluções assertivas para todas as suas necessidades.

 

O que você achou do nosso conteúdo? Para continuar acompanhando, não se esqueça de seguir as nossas redes sociais e acessar o nosso blog!

Compartilhe: